ENVIO GRÁTIS PARA TODO O TERRITÓRIO NACIONAL EM COMPRAS DE VALOR SUPERIOR A 20 EUROS



A Tom Moulton Mix

V/A

Soul Jazz

Regular price €35,00

Tax included.

Near Mint. Tom Moulton acompanhou de perto todo o desenvolvimento da cultura Disco desde o seu início. Em 1971 visitou Fire Island, um dos locais míticos pré-Studio 54, e em pouco tempo começou a fazer mixtapes para discoteca. Aí não havia inicialmente um DJ, o local funcionava primeiro como restaurante e a música que depois se escutava era gravada. As mixtapes de Moulton tornaram-se um bem precioso, até pelo facto de uma hora de música demorar várias horas a ser preparada. As técnicas de corte para re-edits foram ensaiadas durante esse período, antes de Tom Moulton começar de facto a mudar o que acontecia na pista de dança ao praticamente inventar o maxi de 12 polegadas, onde uma faixa que em 7 polegadas tinha 3 minutos poderia respirar e desenvolver-se de acordo com as exigências de quem dançava - rapidamente se concluiu que era no final dos 3 minutos habituais que a pista de dança mais reagia. Assim, Moulton começou a estender as faixas, acrescentando sobretudo introduções mais longas e quebras em pontos estratégicos. Total sucesso. O Disco parecia feito para esse prazer prolongado (ver também, nesta newsletter, «Extended Pleasure»). Tom Moulton foi então um dos principais responsáveis pela evolução do Disco desde as suas raízes Soul/Funk para um género separado, com características próprias, a principal das quais era nova música acrescentada à música existente. Como diz Danny Krivit, "eram discos pelos quais já me tinha apaixonado, e agora tinham novas partes acrescentadas, que frequentemente eram agora as melhores partes dos discos."