FLUR 2001 > 2021



Black To The Future

Sons Of Kemet

Impulse!

Regular price €32,00

Tax included.

LISTEN:
CLIP1 - CLIP2 - CLIP3 - CLIP4 - CLIP5


Três anos após “Your Queen Is A Reptile” e o conceito “novo jazz britânico” ter ganho força, Shabaka Hutchings (também dos Comet Is Coming) regressa com os Sons Of Kemet com um álbum igualmente político e sem a ruptura/fragmentação do álbum de 2018 que lhes trouxe maior visibilidade (entre as quais, disco do ano para a The Wire e uma nomeação para um Mercury Prize). “Black To The Future” continua com detalhes que cativavam em “Your Queen Is A Reptile”, seja a posição forte do som como mensagem ou a mistura sempre implosiva de jazz com um funk negro de guerrilha e folk caribenha, embora eles agora estejam menos contidos numa bolha prestes a explodir. “Black To The Future” contorna o som quase a rebentar do álbum anterior com conjugações de frases fluídas (“Think Of Home”), uma progressão quase pop em alguns temas (“In Remembrance Of Those Fallen”), uma luminosidade nova (“Let The Circle Be Unbroken” – já agora, forte mensagem ao alterar um detalhe do título de um clássico), enquanto arranja novas formas de comunicar, transmitir, lutar, dialogar (“Field Negus” ou “Hustle”). Ao quarteto juntam-se convidados como Moor Mother, Angel Bat Dawid, Kojey Radical, D Double E, entre outros. Quase uma hora em que se quebram formalidades – e a do jazz, por consequência histórica, é a menos relevante para os Sons Of Kemet – e se enunciam novos diálogos. Há algo de mais elevado e esclarecido aqui. Se havia dúvidas da correspondência à inovação – e coragem - de "Your Queen Is A Reptile”, “Black To The Future” é a melhor resposta. Para ouvir bem alto.