FLUR 2001 > 2023



Aquapelagos Vol.2: Índico

Mike Cooper & Pierre Bastien

Keroxen / Discrepant

Regular price €20,00

Tax included.

LISTEN:
CLIP1 - CLIP2 - CLIP3 - CLIP4


Fechado o ciclo da “Antologia De Música Atípica Portuguesa” com três volumes editados, a Discrepant uniu-se à Keroxen para explorar um novo lugar, também ele feito de coisas imaginadas, de paisagens que misturam ficção, realidade e futuro. O conceito: "Aquapelago" Termo que surgiu na academia na década passada, para dar nome à confluência entre a vida marítima e terrestre nos meios aquáticos, e que entretanto começou a ser apropriado pelo mundo das artes. No passado, a vontade de agrupar uma música portuguesa por existir aconteceu pelo desenraizamento do fundador da Discrepant com Portugal (vivia em Londres) e desejar construir um lugar imaginado através da materialização de um objecto físico que compilasse essa música e tempo (antologia de quê?, já se perguntaram? :) que nunca existiram; agora mudou-se de ilhas e vive nas Canárias, tornou-se naturalmente amigo da Keroxen e com eles desenvolveu vários projectos (o trio Lagoss nasce dessa amizade), entre os quais esta ideia de convidar músicos para pensar na água e nos seus espaços envolventes. A série “Aquapelago” é também a fluência natural da Discrepant, um lugar criado para a família e, claro, para a alargar.

Dois pesos pesados da Discrepant - seja no catálogo como fora dele - juntam-se para explorar uma zona do mundo que já existiu noutras edições suas. Mike Cooper e Pierre Bastien partilham experiências num disco onde desafiam constantemente os limites da colagem e do que ouvimos quando ouvimos field recordings. O mais fascinante, sobretudo no caso de Cooper, é como continua a revelar-se aberto a tipos de experiência que tornam a sua música cada vez mais jovem, cada vez mais distante do passo anterior. Como se estivesse consciente da finitude da vida e estivesse agora a experimentar - e bem - sem qualquer limites, filtros e deixando-se ir nessa liberdade única.