FLUR: 2001 > 2021



Big Science

Laurie Anderson

Nonesuch

Regular price €25,50

Tax included.

LISTEN:
CLIP1 - CLIP2 - CLIP3 - CLIP4 - CLIP5


"This is the time. And this is the record of the time." Esta frase é apenas verdade para alguns registos que capturam um momento, uma época, uma sensibilidade. "From The Air" anuncia, desde logo, uma aterragem de emergência e, de passagem, inclui essa frase. Record enquanto registo mas, obviamente, enquanto disco. Primeiro álbum de Laurie Anderson, em 1982, informado pelas passadas vigorosas da vanguarda nova-iorquina durante a década de 1970 e acompanhado por, pelo menos, duas figuras omnipresentes: Peter Gordon e David Van Tieghem. A voz e as histórias de Laurie Anderson conduzem tudo, mantendo o seu característico tom neutro e, até, em "Walking And Falling", pausado como Hal 9000 em "2001: Odisseia No Espaço". Também ecos de música distante do padrão ocidental e experiências com a ideia de futuro, reflectindo sobre o presente: "O Superman" permanece como exemplo único de infiltração minimalista na pop (enquanto single, chegou a nº2 em Inglaterra), o efeito vocal ao mesmo tempo alienígena e próximo, por via da narrativa que vamos acompanhando em meio à cadência rítmica de uma outra exalação vocal, substituindo o que de outra forma seria uma batida. O álbum antecede e, em parte, documenta antecipadamente, a performance multimedia "United States I-IV", apresentada pela primeira vez em Brooklyn em 1983. Este novo século reflecte de um outro modo o comentário político sobre a América, sobretudo em "O Superman", inspirado na longa crise dos reféns americanos no Irão (1979-1981, havendo discussão sobre se foi ou não utilizada por Ronald Reagan como trampolim para a Presidência). Adicionalmente, especialmente relevante pós-11 de Setembro, a simples frase "Here come the planes. They're American planes" detém o sangue nas veias. Em vinil vermelho para 2021.