ENVIO GRÁTIS PARA TODO O TERRITÓRIO NACIONAL EM COMPRAS DE VALOR SUPERIOR A 20 EUROS



Nothing

Kode9

Hyperdub

Regular price €10,50

Tax included.

LISTEN:
CLIP1 - CLIP2 - CLIP3 - CLIP4 - CLIP5


A Hyperdub nunca foi uma proposta feliz. Frequentemente energética, catártica (as associações ao footwork, essencialmente), mas até os álbuns de Cooly G passam uma melancolia que já parece fazer parte da “mensagem” da editora. Em Burial isso é óbvio, tal como nos discos que Kode9 gravou com The Spaceape. “Nothing” parece resumir no título a perspectiva de futuro que a lente de Kode9 mostra. O conceito do álbum está ancorado num hotel imaginário, totalmente automatizado, vazio de pessoas e, tal como outros trabalhos de Steve Goodman (Kode9), destina-se à reflexão sobre a contemporaneidade tecnológica, urbana e, em última análise, social e humana. É difícil dissociar esta música de tais reflexões, e podemos saltar directo para o título ambíguo da última faixa: “Nothing Lasts Forever”, querendo dizer que nada dura para sempre mas, também, que o Nada dura para sempre. O ruído parece de chuva forte, e aí podemos interpretá-lo como quisermos. “Nothing”, o álbum, constitui em si um novo híbrido entre as credenciais dubstep e a incorporação de footwork num contexto esotérico e não de rua, como a expressão original de Chicago. A música é quase sempre tensa, feita de mudanças rápidas, e chega mesmo a sugerir um destino condenado à marcha lenta de uma procissão das almas, no remake de “9 Samurai” agora chamado “9 Drones”. É o futuro?