NOVA MORADA: JÁ ABRIMOS NO MERCADO DE ARROIOS // ENVIOS GRÁTIS PARA PORTUGAL EM COMPRAS DE VALOR SUPERIOR A 20 EUROS



Angel´s Flight

Biosphere

AD 93

Regular price €20,50

Tax included.

LISTEN:
CLIP1 - CLIP2 - CLIP3 - CLIP4 - CLIP5


Biosphere, à semelhança do disco “Departed Glories”, de 2016, foca de novo o seu interesse em composições seculares, recontextualizando-as para o seu próprio universo musical. Em “Angel’s Flight” o ponto de partida foi o “Quarteto para Cordas nº14” de Beethoven - a clássica peça ganha uma dimensão como a que apreendíamos nos primeiros ensaios espectrais de Caretaker (há aqui, inclusivamente, uma faixa intitulada “In the Ballroom”). Disco de composições que nos são familiares porque são ubíquas no universo musical ocidental mas que, pelo processamento e respectiva adição de efeitos, ganham um novo carácter fantasmagórico. A música, como habitual, é pensada e tocada cuidadosamente, vagarosamente, sem que se disturbe a cadência exigida. Em escala menor, por natureza mais melancólica (a peça original é tocada em Dó sustenido menor), Biosphere soube jogar o jogo ao sobrepor certeiramente drones e notas introspectivas, enfáticas (“As Weird as the Elfin Lights” comprova que o seu trabalho harmónico está melhor que nunca; o tema-título “Angel’s Flight” evidencia a síntese do produtor como interessante e cativante pelo arpeggio apresentado). Solene sem ser fúnebre, pois não é essa a intenção, é música que convida à introspecção e ao desconforto, a uma reconfiguração da nossa posição enquanto ouvintes e, por consequência, enquanto humanos. “Angel’s Flight” forma-se a partir de uma beleza melancólica, a dos sussurros distantes que nos chegam de outras dimensões ou de outras realidades paralelas; a música ergue-se como um monólito que nos prende a atenção, o de uma aura uncanny relativa a uma familiaridade inapreensível. É a peça que acompanhou a subida e a queda de Ícaro.