FLUR 2001 > 2022



Elektronik-Impressionen

Klaus Schulze

AMIGA

Preço normal €14,00

Taxas incluídas.

LISTEN:
Death Of An Analogue, Weird Caravan, The Looper Isnt A Hooker - Synthasy

Minor use, some storage wear. 1982 East German pressing.

“Synthasy”, com mais de 20 minutos de duração, ocupa todo o lado B do álbum, representando o formato de muitos discos da década de 70 e alguns que ainda entraram na década seguinte (este, por exemplo). O lado inteiro permitia, num tempo em que não existiam CDs, explorar ideias de uma forma mais livre, pausada, aberta, sem pressão para concluir pensamentos. Aqui, Schulze mostra todo o espaço, os tons prolongam-se, a narrativa fica mais épica e, à medida que a faixa avança, adquire a forma de celebração do próprio carácter sintético do som, com a electrónica bem pesada, bateria a sincopar ritmo, voz artificial a repetir o título. O tom artificial ganha ainda mais significado ao regressarmos ao início do álbum, em que o próprio título da primeira faixa, “Death Of An Analogue”, indica logo claramente que algo de técnico se passa: numa entrevista em 1980, data em que este LP foi primeiro editado (embora com o título “Dig It”), Klaus Schulze afirma que é “o primeiro LP electrónico digital. A programação de “Dig It” está toda numa disquete. Não usei sintetizadores analógicos tradicionais. Usei apenas o G.D.S., o mais avançado computador-sintetizador a nível mundial.” A música já transporta muito do que reconhecemos como um som mais característico do meio da década de 80, e esta espécie de artificialidade em cima do que já era artificial soa irresistível, mesmo traindo claramente a época. Trips cósmicas, o quase-reggae exótico de “Weird Caravan” e uma semi-continuação em “The Looper Isn’t A Hooker”, incrível serão baleárico, logo aqui, e pelas teclas até podemos imaginar “Plastic Dreams” de Jaydee. Temos exmplares da edição AMIGA (Alemanha de Leste), de 1982, que reproduz a tracklist (mas não a capa) do LP “Dig It” que saiu em 1980 pela Brain. Condição do vinil = excelente (stock de armazém, vários provavelmente nunca tocados), capas em muito bom estado mas mostram sinais do tempo, não esperem perfeição. Peça exótica.