FLUR 2001 > 2021



Yasuke

Flying Lotus

Warp

Preço normal €24,50

Taxas incluídas.

LISTEN:
CLIP1 - CLIP2 - CLIP3 - CLIP4 - CLIP5


A série estreou na Netflix no final de abril e quem já a viu, certamente ficou surpreendido pela história e visuais de “Yasuke”, uma anime sobre um negro que se tornou samurai no Japão durante o século XVI (a história é baseada num samurai negro, oriundo de Moçambique, cuja existência está documentada durante este período). Outra coisa que sobressai é a banda-sonora de Flying Lotus. Assim ouvida, nestes 26 temas de curta duração, é uma delícia. Uma intensa miscelânea de influências de outras bandas-sonoras (por vezes é como se “Blade Runner” se encontrasse com “Akira”, noutras de Alice Coltrane musicasse um filme de David Lynch). Flying Lotus – que aparece na capa mais como um samurai do futuro – tornou esta banda-sonora numa obsessão sua, trabalhando sons de imaginários que o fascinam e criando uma palete de sons diversificada, constante na sua heterogeneidade e surpreendente nas referências que vai buscando. Há um fascínio tremendo pelos sintetizadores dos 1980s (John Carpenter), mascarado e acelerado pela velocidade dos videojogos. Ao longo de 46 minutos, “Yasuke” é uma viagem temporal por bandas-sonoras dos 1980s até hoje e, também, uma espacial, bebendo força, vigor e ideias de diferentes géneros cinematográficos e suas bandas-sonoras. Tudo isto encaixa na linguagem única e cyberpunk-jazzística de Steven Ellison. Um brilhante conjunto de experiências afinadas até ao limite. Irreverente e carismático de uma ponta à outra. Bom astral.