FLUR 2001 > 2021



Love´s Secret Domain - 30th anniversary

Coil

Infinite Fog

Preço normal €26,50

Taxas incluídas.

LISTEN:
CLIP1 - CLIP2 - CLIP3 - CLIP4 - CLIP5


Depois de "Scatology" (1984) e "Horse Rotorvator" (1986), "Love's Secret Domain" (1991) parecia marcar uma ruptura na discografia de Coil, até se entender, no longo prazo, que era um novo alargar de fronteiras e interesses que espelhavam a imensa curiosidade de Peter Christopherson e John Balance por assuntos do submundo. "LSD", como ficou conhecido o álbum, carrega alguma bagagem rave das incursões de Coil pela noite londrina e pela abertura de consciência que a época propiciou a quem estava receptivo. Sem género definido (e o termo "industrial", aqui, aplica-se apenas por conveniência), o disco cumpre um arco estético bastante perfeito, mesmo incluindo as estranhas faixas "de dança". "Windowpane", em particular, expande e adapta a batida Soul II Soul para um caleidoscópio drogado sustentado por uma letra de elevação e revelação ("See the person who once was you"). O video de "Windowpane" reflecte a descoberta e a perdição, mas não tanto como o video de "Love's Secret Domain", uma confissão pública (e, se quisermos, de moral questionável) do fascínio pela Tailândia, um destino recorrente nas vidas pessoais de Balance e Christopherson. O álbum desvia também para colaborações com Annie Anxiety ("Things Happen") e Marc Almond ("Titan Arch"), duas canções tensas e memoráveis, sem época (no seu classicismo, "Titan Arch" lembra "Three Shadows pt. 2" de Bauhaus). As faixas extra oferecem outras interpretações mas também isolam, ou destacam, certos elementos, como o didgeridoo em "Further Back & Faster" - a utilização do instrumento, sim, um sinal do início da década de 1990, quando se reconhecia em culturas ancestrais uma sabedoria que os séculos de industrialização foram esbatendo. No entanto, o verdadeiro testemunho, nesta reedição aumentada, continua a ser o álbum original e as portas fascinantes que abre para a personalidade artística de Coil.