Quinta-feira, 17 Maio, 2018

GAS Rausch CD / 2LP

€ 13,50 CD Kompakt

€ 25,50 2LP Kompakt

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

GAS permanece na Natureza. A capa remete, como habitualmente, para um espaço primordial longe da civilização, onde o contacto connosco próprios pode ser mais intenso, mas a música em “Rausch” adquire tons mais ambíguos. A marcha relativamente pausada e constante da batida, sumida por entre a poderosa orquestração e o ambiente sempre envolvente, em primeiro plano, sugere uma ligação, ainda que ténue, a um mundo tecnológico, mas talvez até a concepção de Natureza, em GAS, não seja restrita ao espaço natural, exterior eorgânico, como é conhecido, mas a um espaço mais abrangente, semi-idealizado como interior, a nossa visão particular. Neste caso, a de Wolfgang Voigt, que a esta edição junta uma construção poética que pode esclarecer parte da questão com a passagem “a murmur in the forest / a murmur in the head”. Como informação técnica, “o álbum foi concebido para ser escutado como um todo, do início ao fim. Foi indexado ou separado devido às restrições de formato.” É possível que o desígnio desta música seja existir meramente no espaço, incorpórea. Certo é que dificilmente tiraremos prazer da audição partilhada de “Rausch” com alguém. É um assunto solitário. E poderoso.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 25 Agosto, 2016

WOLFGANG VOIGT Ruckverzauberung 9: Musik Fur Kulturinstitutionen CD

€ 15,95 CD Profan

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD14-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD14-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD14-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD14-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD14-5.mp3]

Subintitulado “Musik Für Kulturinstitutionen”, este álbum parece não esconder a ironia de apresentar música que pode funcionar como protótipo de encomenda para instituições culturais. Na verdade, Wolfgang Voigt gravou esta música para acompanhar uma exposição na Haus Der Kulturen em Berlim (ver capa), pegando no eterno ambiente de Gas e, para o efeito, elaborando um ritmo através da sequência de tons orquestrais que ancoram o disco a uma plataforma austera e solene. O ribombar pomposo dos graves na primeira parte garante o avanço lento da música que, de outra forma, parece até escapar mais veloz para a frente. Tudo muito grandioso e imperial, em linha com o título da exposição: “Doofe Musik, Lieder zum Träumen, Betäuben Und Vergessen” indica uma suspensão e alheamento, a promoção do esquecimento e de uma sensação etérea de não-presença.(

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 4 Junho, 2015

WOLFGANG VOIGT Rückverzauberung 10: Nationalpark CD

€ 13,95 CD Profan

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD16-1.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 26 Fevereiro, 2014

WASSERMANN (WOLFGANG VOIGT) Dumpfe Töne MLP

€ 13,50 MLP Magazine

[audio:http://www.flur.pt/mp3/MAGAZINE9-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MAGAZINE9-2.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 22 Novembro, 2013

STUDIO 1 (WOLFGANG VOIGT) Gelb / Lila 12″

€ 8,50 12″ Assemble Music

[audio:http://www.flur.pt/mp3/AS-06-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/AS-06-2.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 19 Março, 2013

VOIGT & VOIGT Die Zauberhafte Welt Der Anderen CD / 2LP + CD

€ 14,95 € 12,50 CD Kompakt

€ 17,95 2LP + CD Kompakt

[audio:http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKTCD104-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKTCD104-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKTCD104-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKTCD104-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKTCD104-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation


Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 17 Maio, 2012

MOHN Mohn CD

€ 14,95 € 12,50 CD Kompakt

[audio:http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKT258-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKT258-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKT258-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKT258-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KOMPAKT258-5.mp3]

A espectacular criatividade de Wolfgang Voigt continua a gerar discos com frequência. Aqui em colaboração com Jörg Burger (The Modernist) para uma série de composições que quase se diria originadas a partir do corpo de Gas (o seu projecto mais reconhecido), com resquícios de uma certa tradição ritual / industrial dos 80s (Autopsia, por exemplo) e, mais atrás, uma inesperada linha sintética de baixo muito semelhante a Jean Michel Jarre quando em plena forma na segunda metade dos 70s. Escutar o disco na íntegra é como ser testemunha da passagem de nuvens cujas formas parecem familiares. Como elas, também a música em “Mohn” não mantém a mesma forma durante muito tempo. Para acentuar o lado soturno basta referir um título como “Ambientot”, cruzamento directo das palavras Ambient e Tot (“Morto”, em alemão). Paradoxalmente, esta faixa é aquela em que a melodia mais obviamente se destaca, exercendo uma atracção que parece conduzir ao fim da linha.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Outubro, 2011

WOLFGANG VOIGT Kafkatrax CD

€ 14,95 € 12,50 CD Profan  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD10-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD10-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD10-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD10-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PROFANCD10-5.mp3]

A intenção é clara: textos de Franz Kafka em versão oral submetida ao juízo editor de Wolfgang Voigt, ou seja, múltiplos fragmentos de voz cortados para diferentes combinações de ritmo e groove. Como sempre nos casos em que a voz humana é utilizada desta forma tão… etérea, ganha uma espacialidade extra, torna-se auto-suficiente (embora aqui existam ritmos marcados) e com regras próprias de fixação da atenção de quem escuta. Não podemos avaliar correctamente este disco como música, antes como um mosaico sónico unido pelo som da voz que, se ouvirmos o disco completo, exerce plenamente a sua capacidade para a hipnose. Só a partir do ponto 2.0 (quarta faixa no disco) se começa a sentir que não há retorno – os ritmos são colocados de forma impositiva, ou não fosse Voigt o mestre da floresta teutónica, tão assertivo no ambiente como no ritmo.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , / / Comentar: aqui »

Domingo, 12 Setembro, 2010

WOLFGANG VOIGT Gas LIVRO

€ 29,95 LIVRO+CD Raster-Noton  ENCOMENDAR


/ / Etiquetas: , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 30 Janeiro, 2009

WOLFGANG VOIGT Studio 1 CD

studio-1

€ 14,95 € 12,95 CD Profan

Studio 1, para além de ser uma óbvia referência ao Studio 1 jamaicano, é uma espécie de versão esquelética de um outro projecto de Wolfgang Voigt na Profan: M:I:5. Como descrevê-lo? Soava como se houvesse som de duas pistas a correr simultaneamente mas em direcções opostas. A espantosa arquitectura de contratempos baralhava a nossa percepção de ritmo como boa Op Art. Studio 1 parece aproveitar apenas uma das pistas para expôr o processo, a raiz a partir da qual cresce tudo o resto. Ambos os projectos foram extintos antes do século XXI, e isso diz muito sobre onde está a fonte das inúmeras divagações dub techno que ouvimos (e ignoramos, na sua maior parte) hoje em dia. Em processo de revisitação de alguns marcos da música electrónica, Wolfgang Voigt mostra em Studio 1 o Mr. Hyde para o Dr. Jekyll de Gas, ou vice-versa, dependendo de qual dos projectos vocês considerem mais equilibrado e qual o mais maquiavélico. Ritmo vs. atmosfera saturada de pressão. A série Studio 1, composta por uma dezena de maxis identificados por cores e editados entre 1995 e 1997, define o que era o som minimal de Colónia, passou a ser novo standard na indústria e, hoje, assume um papel cultural semelhante ao da Basic Channel em Berlim. A música de Studio 1 é uma ferramenta rítmica, gera os seus grooves através da fricção de beats e segue uma ideia do princípio ao fim de cada faixa, abrindo apenas o espaço suficiente para pequenos acontecimentos, as notas de rodapé que adensam ainda mais o mistério sobre o que se esconde atrás deste som, que portas abre e para onde se dirige.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 13 Junho, 2008

GAS (WOLFGANG VOIGT) Nah Und Fern 4CD

€ 24,50 4CD Kompakt

Começando pelo fim, esta será, decerto, uma das grandes reedições do ano: uma caixa com os quatro álbuns de Gas, um dos múltiplos projectos de Wolfgang Voigt, e, vendo à distância de uma década, talvez um dos mais determinantes. Em 1995, alguns anos antes de Vladislav Delay entrar em campo e em sintonia com alguns avanços laboratoriais da Basic Channel, um maxi na Profan daria o ponto de partida para uma nova visão do techno, tão difusa e original que quase anulava os seus princípios básicos – o ritmo – para os fazer emergir numa enigmática nuvem ambiental, hipnótica e declaradamente hipercalórica. “Gas”, em 1996, traçava todos os caminhos a percorrer sem esconder nenhuma das intenções; “Zauberberg”, no ano seguinte, seria mais penetrante, abrindo o leque de tons e cores, aumentando o nível de rarefacção ruidosa; “Königsforst”, 1998, intensifica o ritmo cardíaco e destapa uma noção simulada de melodia por entre as trevas; “Pop” poria o ponto final a Gas em 2000, num cristalino e ultradefinido álbum, repleto de luz e detalhes, denotando uma maior predominância ambiental e pondo o ritmo quase em surdina. Há, claro, um longo labirinto implícito nestes quatro álbuns, que com novo layout formam claramente 4 peças de um puzzle incompleto e críptico. Em 1995, muitas das hipóteses seriam abertas como Mike Ink no álbum “Life’s A Gas”, mas só depois desta tetralogia ficou claro todo o alcance sonoro dos loops e do ambientalismo de Wolfgang Voigt. Basta escutar todas as ondas que replicaram Gas desde então.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »