Segunda-feira, 21 Janeiro, 2019

THE 7th PLAIN Chronicles III CD A-Ton

€ a confirmar CD A-Ton

EM BREVE / SOON


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 21 Janeiro, 2019

THE 7th PLAIN Chronicles II CD A-Ton

€ a confirmar CD A-Ton

EM BREVE / SOON


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 21 Janeiro, 2019

EFDEMIN New Atlantis CD / 2LP Dial

€ a confirmar CD Dial

€ a confirmar 2LP Dial

EM BREVE / SOON


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 9 Janeiro, 2019

ROBERT HOOD Internal Empire 2LP Tresor

€ a confirmar 2LP (2019 reissue) Tresor

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

EM BREVE / SOON


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 9 Janeiro, 2019

INFINITI (JUAN ATKINS) Skynet 2LP

€ 22,50 2LP (2018 reissue) Tresor

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

O som de Juan Atkins, aqui em 1998, encontrou um nível de elegância que os tempos de Model 500, por definição, não permitiam. “Electric Circus” recorda o modelo, numa época em que o ressurgimento electro estava em plena marcha (a Breakin Records, de Ed DMX, começara um ano antes, por exemplo). A visão futurista de Atkins mantém-se intacta, o mapa de um tempo que ainda não parece ser bem o nosso – “Postcards From The Future” junta tons de electro, techno minimal e uma certa house espiritual para uma reflexão discreta sobre a Humanidade. Não faltam momentos geniais de cruzamento de sensibilidades e pura magia sintética, como em “Body Oil” ou no swing multicultural de “Coffeeshop Connection”, quente, preciso e emotivo. Aquele groove em blips é demasiado precioso. Mesmo quando a produção sai mais rápida e incisiva, Infiniti consegue filtrar todo e qualquer peso desnecessário que outros produtores (até Jeff Mills, ocasionalmente) optam por deixar a bordo. Clássico moderno.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 9 Janeiro, 2019

DREXCIYA Neptune’s Lair 2LP

€ 18,95 2LP (2018 repress) Tresor

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Há uma sensação de eternidade no conjunto conhecido da obra de Drexciya. “Neptune’s Lair”, de 1999, retoma a missão subaquática com um título que em tudo sugere a sua origem mítica. Esta parece de facto a banda sonora para a existência nesse mundo. Apesar disso, “Surface Terrestrial Colonisation” marca um passo mais pop, assente na superfície. É impossível desligar o som de Drexciya de toda a mitologia futurista / ancestral criada pelo grupo. Tudo parece nascer de uma partícula retirada de Kraftwerk no período “Man Machine”, incubada depois em ambiente controlado para gerar uma espécie inteira. “Neptune’s Lair” é clássico Drexciya porque Drexciya soa sempre clássico. Possivelmente tem um tom geral mais melódico, mesmo até ao fim com “C To The Power Of X”, e se isso poderia desmotivar os militantes mais activistas de toda a cena Underground Resistance, na verdade o que acontece é que faz passar a mensagem de forma mais universal. Chega a mais gente? Isso é bom. A dica é só uma: aqui não há nada capaz de falhar. Música electrónica que cumpre a nobre tradição de imaginar mundos para além de nós.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 9 Janeiro, 2019

JEFF MILLS Waveform Transmission Vol 3 2LP

€ 22,50 2LP (2018 reissue) Tresor

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Já não as fundações mas sim a matéria sólida, inventada e aperfeiçoada. Terceiro volume na série “Waveform Transmission” (Jeff Mills gravou igualmente o primeiro, Robert Hood o segundo), numa época absolutamente crucial na evolução da editora Tresor, de Berlim, segurando a sua conexão privilegiada com Detroit. Mills alterna entre a sua marca de techno punitivo, avançando sem cessar a um ritmo acima da capacidade imediata de apreensão, e um passo mais pausado que nunca chega a ser house, ainda que “Condor To Mallorca” transporte linha de baixo para isso. Funk de máquinas com conceptualização radical logo expressa no título da primeira faixa: “The Extremist”. Jeff Mills a ser Jeff Mills, já então no topo da sua arte.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 20 Dezembro, 2018

MAAYAN NIDAM See Of Thee CD / 2LP

€ 11,95 CD Perlon

€ 20,95 2LP Perlon

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

EXQUISITE CORPSE Inner Light CD

€ 11,95 CD (KK 107 CD) KK Records

Exemplares originais da edição belga de 1993 / Original 1993 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Cantadora, Shadowplay, Calling The Quarters, Inner Rhythm, Passage

“Inner Light” parece avançar mais para dentro de uma experiência ritual, em linha com o design da capa, em linha com a sedução sentida por outras definições culturais fora da Europa Ocidental. Quem viveu com um mínimo de paixão esse flow dos tempos, a necessidade premente de descoberta do outro e, mais importante, do Eu, entende a direcção simultaneamente plural e unidireccionada que motivava muita produção electrónica em torno do circuito rave. “Calling The Quarters” mantém a linha de baixo exploratória que conhecíamos de “Dream Night Dance Music”, enquanto a sample de voz repete “beauty all around me”, a tradução literal do sentimento de pertença a um organismo vivo, a Terra, Gaia. “Inner Rhythm”, a faixa-título, acrescenta ácido moderado e outra marca do tempo: os cantos étnicos cortados para sobrepõr à batida. “Cantadora” assume papel central enquanto motivador rítmico num esquema não 4×4, alterando os movimentos do corpo, e “Shadowplay”, com a força da linha de baixo, progride em relação ao “progressivo”. “Passage” acaba o álbum como espécie de simulação de ritual de passagem em direcção a outra existência. Neste sector, a música era claramente um veículo para outras paragens..

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

EXQUISITE CORPSE Reassembling Reality MCD

€ 11,50 MCD (KK092CDS) KK Records

Exemplares originais da edição belga de 1992 / Original 1992 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
What A Life, Anxiety, Traditional Ties With Dreaming, Honeymoon

As faixas tipicamente longas de Exquisite Corpse precisam de todo esse tempo para respirar e oferecer os seus prazeres. Os 11 minutos de “What A Life” possibilitam um desabrochar lento nesta marcha trance contida, quase só em potência – uma das assinaturas mais poderosas neste projecto é precisamente o poder de contenção, sem deixar as faixas explodir em momentos catárticos como indicam as fórmulas. “Anxiety” exercita em cores fortes um modelo jack para estas ideias europeias de techno orgânico e consegue nunca perder de vista a melodia simples que enche o envólucro; “Traditional Ties With Dreaming” acelera BPMs mas não o peso. Evolui em equilíbrio perfeito de futurismo e ancestralidade, manifesto de repetição que, até no som das marimbas, continua o trabalho de visionários minimalistas como Steve Reich; “Honeymoon” encerra a excursão do que é praticamente um álbum, em duração. House emotiva, assente nas quebras da batida e na malha de piano que movimenta o drama. Material superlativo numa zona habitualmente pouco respeitada.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

EXQUISITE CORPSE Dream Night Dance Music CD

ESGOTADO / SOLD OUT CD (KK083CD) KK Records

Exemplares originais da edição belga de 1992 / Original 1992 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
BKS, Etoile, Sacrifice, Elevator, Sitting In A Tree (Time Flies)

Primeiro álbum num percurso relativamente curto de Robbert Heynen. Gravado quando quando ainda fazia parte de Psychick Warriors Ov Gaia, “Dream Night Dance Music” concentra o poder naturalista de PWOG num álbum cristalino, enamorado – como era próprio da época – de outras latitudes e sons na época considerados “tribais”. No entanto, enquanto muita da house tribal na década de 90 viria a significar batucada incessante assente num kick extra pesado, Exquisite Corpse ocupava-se em abrir vista para a natureza de uma forma mais contemplativa, utilizando o baixo frequentemenmte como recurso melódico (“Etoile”, por exemplo), somando camadas de melodia sobre a grelha de percussão. Na confusão entre house, techno e trance, é este último género e – digamos – a filosofia de vida a ele subjacente, que prevalece enquanto denominador comum. A evolução tranquila de cada faixa, a elegância no equilíbrio entre batida e ambiente, fazem com que o álbum permaneça na sua própria dimensão, não cruzando com a multidão de discos que serviam os clubes nesses anos. “Sitting In A Tree (Time Flies)” resume na perfeição todas as linhas de força nesta estrutura, vagueando com prazer pelo espaço aberto na composição rítmica e, quando “Elevator” encerra o disco, é com total certeza de uma rota inspiradora e pacífica. Favorito nosso desde 1992, não exageramos. Forte e perfeito, incólume após N mudanças de paradigma na música de dança.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

PWOG Record Of Breaks CD

ESGOTADO / SOLD OUT CD (kk118 cd) KK Records

Exemplares originais da edição belga de 1995 / Original 1995 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR ÁLBUM COMPLETO / LISTEN TO FULL ALBUM:
Record Of Breaks

O álbum é praticamente justificado com o incrível “A Kind Of Prayer”. 17 minutos de contenção, numa fase (1995) em que PWOG concentram e até antecipam algumas linhas definidoras do que viria a ser o techno minimal e a exploração do erro na electrónica mais vanguardista de final de século, ligando-a com algum pioneirismo na música concreta de algumas décadas antes. “A Kind Of Prayer” materializa e faz evaporar a pista de dança, em sequências alternadas de ritmo e ambiente, completando uma jornada etno-techno futurista nunca ouvida. Os 15 segundos Eraserhead de “Revelation” são revistos e repetidos mais três vezes ao longo do álbum, sob outras formas, enquanto interlúdios que fazem um certo reset na sequenciação de faixas. “Sheap?” parece partir de uma base semelhante a Aphex Twin em “Selected Ambient Works II”, imaginando-se banda sonora para a lenta deriva de continentes; “Kraak” (12 minutos) é a outra grande afirmação em “Record Of Breaks”, delineando uma estrutura minimal na qual evoluem uma pressão metálica que serve como ambiente e o mantra familiar da agulha que repete o ruído que existe no final de um lado de vinil. Zero romance, nesta faixa, mas toda a paixão de uma abordagem científica ao som. Zero naturalismo, tudo máquina. Após nova “Revelation”, “Thru” completa a trilogia “True / “Truth” (noutra zona do disco) em aproximação estética a universos muito desligados da pista de dança e que identificamos mais com a grandiloquência de certas expedições quase clássicas em editoras como a Mego. “Record Of Breaks” parece efectivamente partir a década de 90 em duas partes, precisamente no seu meio, em 1995.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

PWOG Kraak MCD

€ 9,95 MCD (kk130 cds) KK Records

Exemplares originais da edição belga de 1995 / Original 1995 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Kraak 3

“Kraak”, que também conheceu outras versões tratadas por Coil, Mark Broom e Plastikman, tem aqui três variações produzidas por PWOG em pleno drive minimalista industrial. O compasso irredutível de qualquer das versões não parece oferecer qualquer tipo de luz na pista de dança. Na verdade, na apresentação ao vivo contemporânea (1995), PWOG mantinham-se na obscuridade, meras silhuetas em frente a um écran enorme só com imagens de estática e chuva televisiva nos antípodas do flower power rave ainda forte na época (vídeos com paisagens sintéticas, vida sintética, cores fortes). Coragem e determinação nesta edição abrasiva cuja única garantia na pista é a total alienação.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

PWOG Peel Session CDS

€ 9,95 CDS (KK091) KK Records

Exemplares originais SELADOS da edição belga de 1994 / Original SEALED 1994 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Pull, Break, Dust

Tempos gordos de diversidade, quando um projecto com a natureza de PWOG podia gravar uma sessão para John Peel. O fantástico “Pull”, na abertura, recupera a força rítmica de “Psychick Rhythms” (1993) na sua versão mais ácida, um mergulho privilegiado na motorização de caixa-de-ritmos que ficou como sua. Incrível trance quebrado de 9 minutos. “Break” pega no mesmo padrão desse disco de ferramentas, estende pelos mesmos 9 minutos mas em modo descarnado, com a batida e acessórios a brilhar intensamente num tom de psicadelismo rítmico caleidoscópico. “Dust” penetra num vazio espacial seguro pelo ritmo constante de um risco que já parece antecipar “Kraak” (1995). Paisagem abstracta com partes de Médio Oriente e partes de zero gravidade dentro de um grande tubo metálico.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

PSYCHICK WARRIORS OV GAIA Out Now! MCD

€ 11,50 MCD (kk 117 cds) KK Records

Exemplares originais da edição belga de 1994 / Original 1994 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Out Now!, SA Track 1, SA Track 2

Numa fase em que PWOG transitavam pela MTV e algumas publicações-chave no Reino unido, o video de “Out Now!” promovia o símbolo da Cruz Psíquica no meio do que provavelmente eram mensagens subliminares de sublevação contra o conformismo. 6 minutos seguros de techno com linha de baixo vintage a correr em pista separada da batida, óptimo! “SA Track 1″ e “SA Track 2″ complementam a pujança contracultural com dois momentos de house mais universais (as cordas na Track 2 podem ou não fazer lembrar “Erotica” de Madonna), cheios de harmonias clássicas, até marketing clássico no design da capa. Os breaks no ritmo são PWOG tradicional, tal como os sopros falsos que acrescentam frescura à melodia. Único flirt, talvez, com um mercado pop.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2018

PSYCHICK WARRIORS OV GAIA Obsidian (Organically Decomposed) MCD

ESGOTADO / SOLD OUT MCD (KK090mcd) KK Records

Exemplares originais SELADOS da edição belga de 1992 / Original SEALED 1992 Belgian release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Obsidian (Deconstructure), Patience (First Step), Challenge (Kala Mix)

EM BREVE / SOON

“Patience (First Step)” segura um ritmo em shuffle (só popularizado no techno quando a Kompakt tomou conta, quase uma década mais tarde), pancada seca e linha de baixo semi-ácida que faz borbulhar o fundo; “The Challenge (Kala Mix)” revisita as duas partes no alinhamento do primeiro álbum “Ov Biospheres And Sacred Grooves: A Document Ov New Edge Folk Classics”, também de 1992, naquele espírito trance que começava a autonomizar-se com o projecto Exquisite Corpse que saiu de PWOG. Bom! No entanto, nada ultrapassa em prazer os 20 minutos de “Obsidian (Deconstructed)”, extensão para mais do triplo da duração do original (também do mesmo álbum). O longo crescendo, antes de se ouvir batida, é uma sequência absolutamente encantadora, ajudada pela voz sumida de Timothy Leary, um pouco guia nesta imersão numa das mais incríveis experiências de fuga psicadélica na música de dança dos 90s. Celebratória de um abraço à Natureza, da abertura de olhos em relação a novos estados de consciência, da comunhão entre mentes que se entendem na pista de dança sem trocar uma palavra, esta desconstrução de “Obsidian” cria, ainda hoje, uma narrativa que desejamos habitar, talvez mais do que nunca. Lindo de morrer, mas para viver.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 20 Novembro, 2018

SLAM Headstates CD

€ 6,00 CD (SOMACD5) Soma Quality Recordings

Exemplares originais da edição inglesa de 1996 / Original 1996 UK release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN
Dark Forces, Life Between Life, Emotive, White Shadows, Beneath

Os Slam já tinham uma história antes de “Positive Education” em 1993. Ainda pré-techno, as festas Atlantis no mítico Sub Club, em Glasgow, e várias outras experiências como promotores, para além da criação da editora Soma, mexeream o seu nome bem para a frente na cena inglesa e, depois, internacional. “Headstates” é a plena consolidação, em 96, e representa bem o techno espacial produzido em Inglaterra mas ainda enamorado de Detroit. Malhas assertivas (na verdade são bangers elegantes), melódicas, rolando na pista até nos momentos de pico (sem medo), e óptima motivação para aquelas horas monótonas de auto-estrada. O álbum recua a meio para algumas faixas quebradas, mais lentas, alinhadas com o hip hop abstracto que ganhava estatuto de género, por esses anos.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 20 Novembro, 2018

MAAS Latitude CD / 2LP

€ 6,00 CD (SOMACD7) Soma Quality Recordings

€ 15,00 2LP (SOMALP7) Soma Quality Recordings

Exemplares originais da edição inglesa de 1997 / Original 1997 UK release. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN
Festina!, Look At Me Now, Falling, Upstate, Esplanade, Eurostar, Michigan Breaks

Ewan Pearson antes de ser Ewan Pearson. Um ano antes de “Latitudes”, Maas gravava “Juan Is The Teacher”, em referência (e reverência) a Juan Atkins e à inspiração de Detroit. O rumo estava traçado. Mas como outros nomes da época – Slam, por exemplo, também na editora Soma, mas também os holandeses da 100% Pure -, Maas explorava batidas abstractas, equilibradas com emoção, como é evidente na incrível “Look At me Now, Falling” ou em “Michigan Breaks” (Detroit é no Michigan, EUA). A grande massa ambiental circular noutras faixas como “Festina!”, “Upstate” ou “Eurostar” coloca-nos em viagem automática. Groove intergaláctico registado num dos álbuns de dança mais intactos da década de 90.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 31 Outubro, 2018

RONNY NYHEIM Multisensory Integration 12″

€ 9,50 12″ Psypal

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 12 Outubro, 2018

MARCEL DETTMANN Test-File 2×12″

€ 17,95 2×12″ Ostgut ton

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Techno será sempre techno, uma rocha basilar descoberta a certa altura na história da música de dança. Quem consegue, como Dettmann, manter-se sempre próximo da sua superfície pouco glamorosa, pouco cintilante, cinzenta e fria, produz trabalhos igualmente sólidos e que, consequentemente, resistem ao tempo. “Test-File” está algures entre maxi duplo e álbum completo de material novo em que Dettmann vai fundo na maximização dub do som, nos mantras disfuncionais (querendo dizer motivos repetidos, a par com outros, mas ligeiramente desajustados para conseguir aquela desarmonia especial), no reconhecimento de que o ar não tem de ser mais límpido e que o metal é, na verdade, sexy (“Metalloid”). No entanto, se tudo isto vos parece soturno demais, experimentem imaginar-se numa pista em que toca “Ascending” e não sorrir. Tudo aqui é óptimo.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »