Quinta-feira, 24 Janeiro, 2019

CHRIS CARTER Miscellany CAIXA 4CD

€ 44,95 CAIXA 4CD Mute

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Com excepção do CD com gravações da década de 70, todo o material dos restantes três álbuns é posterior ao primeiro período de Throbbing Gristle e existe paralelamente à colaboração duradoura de Chris Carter com Cosey Fanni Tutti. “Mondo Beat” (1985) é o mais nervoso de todos, típico meio terreno entre industrial mais processado, rítmico, EBM-ish, e uma interpretação de cósmico na maravilhosa “Moonlight”, em que quase se percebe uma guitarra Cocteau Twins / indie esotérico. Salto de 13 anos para o álbum seguinte, “Disobedient” (1998). Enquadramento totalmente diferente neste flirt com techno e beats soltos próprios dos anos 1990, integrados com passagens ambientais sombrias. Restos de industrial em “Lixiez”, “Chakutut” e “Versix”, mas nada que regresse ao passado. Surpreendentemente consequente para a época. O terceiro álbum, “Small Moon” (1999), termina a década com total empenho na cultura electrónica que a definiu. De novo, disco robusto, nada derivativo de glórias passadas, capitaliza com a profundidade de campo de Carter, que adapta sem receio (e sem mácula) a sua linguagem aos tempos. Recuando substancialmente, o quarto CD mostra 13 composições gravadas entre 1973 e 1977, constituindo o corpo mais apelativo para quem não abdica de “20 Jazz Funk Greats” (TG), “Heartbeat” ou “Trance” (ambos de Chris & Cosey). Ícone de polegar para cima repetido 4x.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: Comentários Desligados

Segunda-feira, 14 Maio, 2018

CHRIS CARTER CCCL: Chris Carter´s Chemistry Lessons Volume One CD / 2LP

€ 15,50 CD Mute

€ 24,95 2LP Mute

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 25 Maio, 2017

COLIN NEWMAN It Seems LP

€ 10,00 LP Restless / Crammed (72260-1)

Exemplares originais da prensagem norte-americana de 1988 / Original 1988 US pressing. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Quite Unrehearsed
The Rite Of Life
It Seems
Not Being In Warsaw
Round & Round

O último álbum de Colin Newman na década de 80 ainda consegue diversificar a sua abordagem pop. “It Seems” é o primeiro disco onde ele explora a produção digital de música e isso é totalmente notória na natureza dos sons que compõem as canções. Uma espécie de tom minimalista, meio tempo entre vibrafone e teclas; algumas cordas falsas; sons claros que identificamos com outro universo musical (new age / library dos 80s e 90s). As melhores canções no álbum – e são várias – são aquelas que transmitem uma sensação de espaço e brisa a circular por entre os sons assumidos como artificiais (ouçam-se, por exemplo, “The Rite Of Life” ou “It Seems”), por vezes com certa aspiração a serem “clássicos”. Grande álbum improvável que vibra, hoje em dia, de uma forma talvez inacessível para ouvintes da época. Têm de ouvir isto. Exemplares selados, com corte promocional na parte inferior da capa.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 12 Abril, 2017

THE NORMAL Warm Leatherette / TVOD 7″

normal warm leatherette

€5,50 7″ Mute

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2

A sensação é frequentemente de que o punk começou a fazer verdadeiro sentido quando o acesso a instrumentos electrónicos permitiu democratizar ainda mais a criação de música e, até, retirá-la de estúdios ou salas de ensaio directamente para o quarto de cada um. Se há que escolher um hino para simbolizar com toda a propriedade esta atitude, tem de ser “Warm Leatherette”. Saiu em 1978, o autor é Daniel Miller, que com este single efectivamente fundou a Mute Records (número de catálogo é o 001). No mesmo ano de “Man Machine” dos Kraftwerk, este é o lado não-romântico e desapaixonado da relação homem-máquina (“I don’t need no TV screen, i just stick the aerial into my skin” em “TVOD”, o lado B), prelúdio da vaga synth-core que se aproximava, reflexo de tempos cinzentos e tensos, cantar sobre tecnologia e materiais, esperar por um futuro pouco radioso. Este disco é um marco histórico.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 21 Março, 2016

SWANS White Light From the Mouth Of Infinity 2LP

€ 31,50 2LP (+ poster + mp3) (2015 reissue) Mute

[audio:http://www.flur.pt/mp3/STUMM377-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STUMM377-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STUMM377-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STUMM377-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STUMM377-5.mp3]

Em 1991, os Swans saíam, de certa forma, das profundezas do rock que tinham inventado uma década antes. “White Light From The Mouth Of Infinity” exercita uma subida até que suficientes raios de luz pacifiquem a música. Os momentos mais abrasivos do passado, aqui com um boom de bateria muito característico da época (e transversal a vários géneros) são geridos de forma a conviverem com uma outra fase que, no mesmo período, Michael Gira e Jarboe atravessavam com o projecto Skin. Como é claro, a voz de Gira é sempre capaz de mistificar e, mesmo quando a tempestade sónica abranda em seu redor, ela mantém o poder de nos deixar sempre alerta.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »