Segunda-feira, 7 Julho, 2014

TOLOUSE LOW TRAX EP 12″

€ 9,50 12″ Karaoke Kalk

[audio:http://www.flur.pt/mp3/KALK7912-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KALK7912-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KALK7912-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KALK7912-4.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 15 Junho, 2012

DE LA MANCHA The End Of Music CD / LP

€ 14,95 € 11,95 CD Karaoke Kalk  ENCOMENDAR

€ 16,50 € 12,95 LP Karaoke Kalk  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD67-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD67-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD67-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD67-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD67-5.mp3]

De La Mancha podia ser apenas mais um grupo sueco pop, mas um dos membros é Dag Rosenqvist, de quem temos óptimas relações através de Jasper TX, um projecto prolífico em torno da música ambiental. E se falamos de pop e de ambiental, é natural que a música aqui seja algo entre estes dois mundos. Certíssimo. Pop etérea, uma espécie de My Bloody Valentine sem a nuvem de electricidade, canções lentas para se planar neste Verão. Não há grande espaço nos nossos dias para algo que não nos deixe convencidos, e “The End Of Music” tem, infelizmente, partes que não parecem querer acrescentar nada a um género frágil que precisa de provar muito para encontrar o seu lugar. O problema, se é que há algum, é que alguns temas são verdadeiros rebuçados pop, que brincam com agilidade aos trejeitos do género. De um momento para o outro, e quase por surpresa, eis a música ligeira que apetece ouvir por estes dias. Para quem quiser mais, o álbum de Orcas é ainda o vencedor da categoria.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 8 Março, 2012

TOLOUSE LOW TRAX Jeidem Fall CD / LP

€ 14,95 € 11,95 CD Karaoke Kalk  ENCOMENDAR

€ 16,40 € 12,95 LP Karaoke Kalk  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/KK066CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KK066CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KK066CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KK066CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KK066CD-5.mp3]

O nome de Detlef Weinrich não dirá muito a muitos, mas associando-o aos Kreidler o mistério fica semi-resolvido. A solo assina com o trocadilho Tolouse Low Trax, mas a música é bem melhor do que o seu pseudónimo. “Jeidem Fall” é o terceiro álbum, e é também aquele que o coloca mais próximo da corrente kreidleriana. Como sempre, o ritmo metálico do chamado pós-kraut fornece a passada, o aroma industrial dá o tom, o tribalismo sintético faz a coloração e a narração em surdina fornece uma espécie de enredo em forma de neblina fantasmagórica. Às vezes, as arestas são tão afiadas que a electrónica parece arranhar tudo à volta, relembrando-nos, com um sorriso, a música de Actress. Já o temos dito aqui algumas vezes, mas de Kreidler – ou dos seus membros – tem vindo alguma da mais contagiante e hipnótica música que ouvimos por estes dias. “Jeidem Fall” consegue perpetuar essa nossa admiração e dar-nos momentos de profundo contentamento cerebral.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 9 Dezembro, 2011

STATIC Freedom Of Noise CD

€ 14,95 € 11,95 CD Karaoke Kalk  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD60-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD60-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD60-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD60-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KARAOKEKALKCD60-5.mp3]

Não se deixem enganar pelo nome do projecto e pelo título, este não é um disco de electrónica improvisada livre nem é dominado pelo ruído de estática nem sequer é estático. Hanno Leichtmann (colabora com Jan Jelinek e Andrew Pekler em Groupshow) faz uma interpretação livre, sim, do que é a pop quando processada através de camadas de som que lhe são pouco habituais e escolhe um grupo de colaboradores para concretizar a visão (David Moss, Gert Jan-Prins, Sabine Vogel, etc.). Com tudo somado, “Freedom Of Noise” é clássico, erudito, melódico, indie e livre.


Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Janeiro, 2011

BILL WELLS & STEFAN SCHNEIDER Pianotapes CD

bill wells

€ 14,95 € 11,95 CD Karaoke Kalk  ENCOMENDAR

Bill Wells parece estar em toda a parte, dado o número incrível de discos que vai editando. Mas, mais impressionante que isso, é serem muitos dos seus álbuns em colaborações com outros músicos ou bandas. Um inspirado e generoso músico que parece intoxicar múltiplos projectos, fazendo com que o seu toque impregne fatalmente todas as obras em que participa – Isobel Campbell, Maher Shalal Hash Baz, Pastels, Annie Whitehead, Barbara Morgenstern, Tape, Jad Fair, entre outros, são alguns dos seus habituais cúmplices. “Paper Of Pins” tinha juntado Morgenstern, Whitehead e Stefan Schneider no ano passado, e agora “Pianotapes” recupera alguns ensaios que Schneider fez com Wells durante esse período, mais tarde solidificados no festival de Hauschka em Dusseldorf. O plano foi simples e desarmante: o escocês improvisava ao piano, e o alemão recolhia sons para os voltar a projectar na atmosfera. É um disco belíssimo, eficaz como poucos, e uma prova em que são as coisas mais simples que por vezes conseguem ser as mais arrebatadoras. Gostamos muito de ambos os músicos, mas as composições que nasceram aqui parecem destapar uma serenidade que, até hoje, desconhecíamos.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 28 Maio, 2010

BILL WELLS, ANNIE WHITEHEAD, STEFAN SCHNEIDER & BARBARA MORGENSTERN Paper Of Pins CD

€ 14,95 € 12,50 CD Karaoke Kalk  ENCOMENDAR

É um quarteto sem nome porque assim, com os nomes dos seus autores plenamente identificados, o projecto parece fazer mais sentido pela soma das suas partes do que sugerir um novo corpo sonoro que parta de um zero quase absoluto. Porque assim podemos confiar que Bill Wells fará o que sabe tão bem fazer: colocar os seus arranjos, piano e guitarra a pairar bucolicamente sobre o conjunto. Porque sabemos que a Barbara Morgenstern tem um dedo mágico para cozer pop sobre o veludo. Porque podemos esperar que Stefan Schneider sabe colocar os seus sintetizadores no sítio certo, bem como criar o ritmo que interessa. Porque o que a Annie Whitehead tem feito soa sempre bem, bastando ver a lista absolutamente colossal de discos onde tocou o seu trombone. “Paper Of Pins” acaba por ser isto tudo, claro: uma doce brisa sobre pop instrumental, descomplexada, pastoral, indecisa sobre o acústico e o digital, com muito mais para dizer do que aparenta. Tudo isto foi feito em 2007 e prova tão somente o quanto esta música não parece, de facto, ter um lugar fixo no tempo.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »