Sexta-feira, 12 Abril, 2019

MARTIN REV Gutter Rock / Lost In The Orbits 7″

€ 12,50 7″ (RSD 2019) Factory Benelux

Edição improvável na Porridge Bullet de duas faixas de Martin Rev tiradas do álbum “To Live” (2003). “Gutter Rock” é pop nocturna com batida sintética dos 80s e a voz mesmo na frente da mistura. Canção sentimental, desencantada, melódica, um sonho hipster de revisitação do passado mas nas mãos de um original. “Lost In The Orbits” consegue soar como Soul II Soul em tempo de house (quebrado), com a voz de Rev a manter a calma por cima de uma profusão de scratch e efeitos “de dança” completamente anacrónicos. Estranho, groovy, genial.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 12 Abril, 2019

CRISPY AMBULANCE The Plateau Phase 2LP

€ 25,50 2LP (RSD 2019) Factory Benelux

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Som alinhado com o que vinha acontecendo em Manchester (cidade também de Crispy Ambulance) desde o final da década de 70, sobretudo após Joy Division. Se até os A Certain Ratio, no início, soavam mais pós-punk depressivo do que funk, Crispy Ambulance mantém a linhagem no som firme no baixo, cujas linhas, em “The Wind Season”, têm a mesma liberdade (não o mesmo som) de Peter Hook. Disco de época, terminando cada lado do vinil original com paisagens certamente inspiradas em Brian Eno: “Death From Above” e “Simon’s Ghost” parecem extraídas de “Low” (Bowie) ou dos momentos ambientais nos álbuns pop de Eno. No segundo LP está incluído o single “Live On A Hot August Night (Comprising The Presence and Concord Square)” e algumas sessões gravadas para John Peel. 500 exemplares em vinil transparente, inclui código para download.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 12 Abril, 2019

THE DURUTTI COLUMN Obey The Time + The Acid Guitar 2LP

€ 28,50 2LP (RSD 2019) Factory Benelux

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Em “Contra-Indication”, Vini Reilly está absolutamente dentro do tempo. Era 1990 e a cultura de dança chegara, sem questão, à pop. Interessante o modo como Durutti Column adapta a espacialidade natural da sua música a uma nova regra rítmica. Quase 100% instrumental e produzido em regime solo, “Obey The Time” pode significar, em relação a “LC”, o que “Power, Corruption And Lies” foi para “Movement”, na carreira dos New Order. Abertura de horizontes e procura de um novo estilo de vida através da música. Década de 90. “The Acid Guitar” foi o título dado a uma gravação ao vivo de 1990, incluída nesta reedição. 800 cópias em vinil colorido para o Record Store Day 2019.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

WEYES BLOOD Titanic Rising CD / LP

€ 14,95 CD Sub Pop

€ 21,95 LP Sub Pop

Temos acompanhado a carreira de Weyes Blood praticamente desde o início. Melhor, desde que nos tem sido permitido acompanhar, uma vez que os seus primeiros discos eram difíceis de obter. Mas estávamos lá quando surgiu com “The Outside Room” numa muito viva – na altura – Not Not Fun. Ver o seu percurso até “Titanic Rising” foi um prazer. Porque foi sempre mudando, arriscando, tentando perceber como o seu crescer, enquanto artista e pessoa, se poderia adaptar à sua música. Como fazer isso acontecer quando mundo está a mudar tão depressa? E, pior, quando o mundo é assim e estamos a fazer o caminho entre os 20 e os 30? A música de Weyes Blood, em retrospectiva, conta uma belíssima história sobre isso. É assim que se chega a “Titanic Rising”, sem se saber bem o que se está à espera. Não sabemos até que ponto Natalie Mering é fã dos Carpenters, mas digamos que fez isso funcionar em 2019. Acreditem, isso é um grande elogio. A tragédia insolúvel dos Carpenters está – obviamente – ausente, mas Natalie trabalha isso a partir da ideia de que vivemos num mundo que se está a afundar, que precisa de soluções. Soluções que podem não ser para os problemas de hoje, mas para os de sempre, que se vivem agora: parecendo que não, isso é bem diferente. É do amor, das relações e das expectativas de hoje que “Titanic Rising” fala. Natalie musicou essas coisas basilares com o encadeamento de uma pop sinfónica, com uma mentalidade de estúdio costa oeste dos 1960/1970, sem querer viver nesse tempo. O seu quarto álbum é música de um presente reencontrado, Natalie diz-nos o que há para lá da nostalgia. É frágil de bonito e bonito de frágil. É tão bom ainda se fazerem discos assim. Apetece dizer obrigado. Mas mais vale agradecer ouvindo a música que Weyes Blood criou para nós. 2019 a tocar no céu.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

MUTANT BEAT DANCE Mutant Beat Dance 2CD

€ 17,95 2CD Rush Hour

Traxx foi o DJ escolhido por LCD Soundsystem para a tour norte-americana de 2017. A ligação resulta em colaborações, neste álbum, com Gavin Russom, Tyler Pope e Patrick Mahoney. “Mutant Beat Dance”, em preparação desde 2015, junta Traxx e Beau Wanzer numa aventura extensa por toda a cultura electrónica subterrânea na música de dança. Álbum inacreditável de devoção ao Lado Negro, trampolim para afirmação de vida com esta militância inabalável no underground, encarado como raiz suprema, motivação, sustento e forma de vida. Se Traxx, por exemplo, se inspira em toda uma cultura, o seu exemplo serve como prova de força para todos quantos fraquejam perante as magras perspectivas de exposição da sua arte. Gigante. Afirmativo.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

V/A Kankyo Ongaku: Japanese Ambient Environmental & New Age Music 1980-1990 2CD / 3LP BOX

€ 36,50 2CD + LIVRO Light In The Attic

€ 74,50 3LP BOX + LIVRO Light In The Attic

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Mais do que a tradicional ligação da música ambiental da época a terapias alternativas e estilos de vida New Age, esta colecção expande a ideia de música electrónica como etiqueta de coolness para corporações à procura de uma imagem conectada com o Futuro. Assim, música para publicidade, para lojas, espaços arquitectónicos, exposições, música funcional e música transcendental, em sintonia com uma década (os anos de 1980) de aceleração tecnológica. Notas extensas e biografias no livro que acompanha esta edição luxuosa que, uma vez mais, abre portas para um Japão em que tradição e modernidade coexistem generosamente no mesmo plano.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Tracklist 2CD:
Satoshi Ashikawa – “Still Space”
Yoshio Ojima – “Glass Chattering”
Hideki Matsutake – “Nemureru Yoru” (Karaoke version)
Joe Hisaishi – “Islander”
Yoshiaki Ochi – “Ear Dreamin’”
Masashi Kitamura + Phonogenix – “Variation III”
Interior – “Park”
Yoichiro Yoshikawa – “Nube”
Yoshio Suzuki – “Meet Me In The Sheep Meadow”
Toshi Tsuchitori – “Ishiura (Abridged)”
Shiho Yabuki – “Tomoshibi (Abridged)”
Toshifumi Hinata – “Chaconne”
Yasuaki Shimizu – “Seiko 3″
Inoyama Land – “Apple Star”
Hiroshi Yoshimura – “Blink”
Fumio Miyashita – “See The Light (Abridged)”
Akira Ito – “Praying For Mother/Earth” (part 1)
Jun Fukamachi – “Breathing New Life”
Takashi Toyoda – “Snow”
Yellow Magic Orchestra – “Loom”
Takashi Kokubo – “A Dream Sails Out To Sea: Scene 3″
Masahiro Sugaya – “Umi No Sunatsubu”
Haruomi Hosono – “Original BGM”

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

EFFICIENT REFINERIES Terahertz CD

€ 12,50 CD No.

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Entre ambos, Siegmar Fricke e Miguel A. Ruiz gravaram muito material que rodou no circuito de cassetes nos 80s e 90s, essencialmente enquadrados na estética industrial que, em boa medida, alimentava a rede internacional de artistas e editoras underground. Upload para o futuro e “Terahertz” oferece uma alta definição impossível na época, sobretudo relevante na profundidade de campo transmitida pela ambiência. Passagem fugaz por uma ideia de techno em “Gitterdynamik” e, mais intuída ainda, no luxuriante ambiente em “Psychomotor Episodes”, onde o ritmo está ausente na prática mas presente em espírito. “Dhyana” avança pelos interstícios da música ambiental, colidindo suavemente com sons e detalhes diversos durante o percurso. Masterizado por Atom TM.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

SABRE Fora De Turf 12″

€ 11,95 12″ Discos Extendes

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

ROBERT HOOD Internal Empire CD / 2LP

€ 12,50 CD (2019 reissue) Tresor

€ 29,95 2LP (2019 reissue) Tresor

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

“Internal Empire” significou, com “Minimal Nation”, no mesmo ano de 1994, uma marca autoral absolutamente vincada. Robert Hood já tinha fundado Underground Resistance (com Mike Banks e Jeff Mills) e com isso lançou as bases do mais duradouro bastião techno em actividade. Como Jeff Mills, isolou componentes e inventou o techno minimal que chegou até hoje. “Internal Empire” não oferece pausas, talvez se aproxime de uma pausa em “Home”, faixa mais atmosférica onde se escuta uma simulação da chegada de ondas a uma praia. Muitos minutos de energia solta num formato que, a partir de regras bastante simples, representa ainda e sempre o passo do futuro.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

SENSIBLE SOCCERS Aurora CD / LP

€ 11,50 CD (Ed. Autor)

€ 21,50 LP (Ed. Autor)

Gravado em regime de retiro, “Aurora” representa uma espécie de esperança no passado. O álbum é atravessado por um sentimento melancólico em relação a coisas que não voltam mais (de acordo com a info, “as férias com os pais, as visitas de estudo, o sul de Espanha, os setembros melancólicos, os singles pop e o FM estéreo, os primórdios do topless e as discotecas gigantes”). Flirt com certo exotismo exposto tanto em momentos mais “progressivos” como em pop baleárica instrumental, house tropical, ambientalismo, a voz de Maria João Ruela, o sintetizador modular de B Fachada, que também assina a produção do disco. Os synths abrem espaço para movimento mas também contemplação, junto com algum tradicionalismo que se ouve, por exemplo, em “Luziamar”. Ambicioso, preenchido, expressivo, uma obra que soa pensada para fruição à beira-mar durante um longo Verão.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Abril, 2019

MARCOS VALLE Previsão do Tempo LP

€ 28,95 LP (2019 repress) Light In The Attic

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Provavelmente a capa mais icónica de Valle, mas também o disco que arranca com uma das suas canções mais contagiantes: “Flamengo Até Morrer”. Completando o ciclo de quatro álbuns em quatro anos, “Previsão Do Tempo” (1973) é o álbum catarse depois da maravilha que é “Vento Sul”. É o disco mais groovy dos quatro, é uma espécie de sumário destes quatro anos loucos de Marcos Valle. Há mais presença de electrónica/sintetizadores e em vez de soar a algo ainda mais próximo do soul e funk norte-americano que abraçou noutros álbuns, Valle conquista aqui terreno próprio, onde as influências são claramente abafadas pelo seu génio e pelo importante contributo dos Azimuth (posteriormente Azymuth). Os sons electrónicos entram perfeitamente naquilo que bebeu anteriormente (samba, bossa nova, psicadelismo) e não parecem intrusos, mas pinceladas essenciais para o desenvolvimento do quadro da carreira do músico brasileiro. É também o disco mais jazz destes quatro, mas com uma dimensão que transcende os habituais discos pop que transpiravam jazz nesta altura. Não há um único tema em “Previsão Do Tempo” que não seja de génio, um disco tão perfeito quanto essencial. E com uma capa maravilhosa. A edição faz-se acompanhar por um texto de Allen Thayer (Wax Poetics) e uma entrevista a Valle, bem como a habitual explicação sobre cada um dos temas.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 5 Abril, 2019

DAVID BEHRMAN On The Other Ocean LP

€ 25,95 LP (2019 reissue) Lovely Music

OUVIR / LISTEN:
On The Other Ocean

Se em 1977 Robert Ashley encontrava a eternidade com “Private Parts”, David Behrman criava ondas de futuro, também no Mills College, com a ajuda de um computador primitivo. A sonoridade não é estranha e tem sido revisitada através das reedições e da descoberta de muita música feita para computador no final dos anos 1970 e início da década de 1980. Era música que servia publicidade, experiências, mas que também começava a ser possível graças à chegada dos primeiros computadores pessoais. “On The Other Ocean” é uma onda magnífica de som, que se expressa pelo diálogo constante de descoberta em como improvisar com uma máquina. Há um lado de inocência que se conjuga com uma surpresa em movimento, ligeiras flutuações que tornam a experiência sonora numa aventura concentrada e que gentilmente fornece a estética para muita música que se faria na década seguinte: e cujas subtilezas ainda hoje são padrão em música electrónica/ambiental que segue estas ordens. Uma brisa maravilhosa de descoberta e autodescoberta, de música num constante processo de reinvenção. Ainda fresca, mais de quarenta anos depois.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 5 Abril, 2019

ROBERT ASHLEY Private Parts LP

€ 25,95 LP (2019 reissue) Lovely Music

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2

Numa década onde a proliferação de reedições permitiu uma espécie de reentrada de música nova nos ouvidos, que criou e facilitou tendências, mostrou os equívocos entre o passado, presente e o futuro, é particularmente incómodo – no melhor dos sentidos – notar que a música de Robert Ashley ainda causa perplexidade. A voz, a clarividência das acções para que a voz remete, concretizam a maior e mais bela inocência que a música pode perpetuar. Originalmente composto em 1977, no Mills College, “Private Parts” – que não estava disponível em vinil desde a sua edição original, em 1978 – é um portal de muitas camadas, conduzido pelas narrativas palpáveis de Robert Ashley, enquanto uma composição consciente, quase imperceptível, por vezes, se ouve ao fundo, formando um cenário para todas as acções da voz de Ashley. Importa menos o que Ashley diz, importa o que se capta, as sensações, as ferramentas para entrar num mundo abstracto e carregar com ele às costas. A música de Robert Ashley é uma constante chamada de atenção, uma visão muito cromática de um mundo que ainda hoje vivemos: e é o mundo de hoje, o presente, que se adapta à música de Ashley e não o contrário. O ouvinte sai de um qualquer lugar para viver estas “óperas” que são portais para todas as realidades. Essa capacidade de ser o que se quiser é uma das maiores virtudes de Robert Ashley: meditação, disrupção, reflexão, new age ou o som de uma vida. Poucas obras têm o dom de transformar tudo o que se sente depois de serem ouvidas, a discografia de Robert Ashley é um estado de felicidade que se leva para qualquer lado. Fica-se mais iluminado, feliz, rico. “Private Parts” é um dos maiores portais para um outro estado de consciência, livre do tempo, das pressões do presente, do passado e do futuro. Não é por conveniência que “Private Parts” é um disco obrigatório. É porque a vida é muito melhor com um álbum assim.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 29 Março, 2019

ASUNA & JAN JELINEK Signals Bulletin LP

€ 18,50 LP Faitiche

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Os desenhos que adornam a capa são desperdícios que não o são, rabiscos feitos enquanto se conversa ao vivo ou se fala ao telefone ou se testa a tinta numa esferográfica. A porta privilegiada para o inconsciente revela uma certa preocupação documental neste artista japonês que, na área do som, manipula teclados de forma intuitiva mas muito preparada, criando e alterando drones frequentemente com recurso a fita adesiva para prender as teclas que entende. Jan Jelinek junta alguns loops modulares e, a partir de sessões entre 2014 e 2017, escutamos um álbum encantatório, etéreo como os mais íntimos trabalhos de Jelinek, de certa forma suspenso no tempo e no espaço, acompanhando e até criando a possibilidade de estados semi-alterados, como na desfocagem sónica em “Fountain”.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 28 Março, 2019

JUAN ATKINS Dimensions / Flash Flood 12″

€ 10,95 12″ Life’s Good

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2

Alinhamento com a cena bleep que acontecia em Inglaterra na altura (1992), com graves a condizer , mas não é possível esquecer que Inglaterra só apanhou o que Detroit (como Chicago) mandou cá para fora. Em “Dimensions” pode escutar-se um pouco de Nightmares On Wax e Sweet Exorcist do início, e talvez seja admissível pensar que Juan Atkins possa ter completado o círculo para, ele próprio, incorporar o que o Norte de Inglaterra, por sua vez, mandava cá para fora. Lado B “Flash Flood” adapta a sua própria versão como Infiniti. Passo rápido, cheio de cor e substância, claps acompanham a batida, pratos pairam por cima como jazz, linha de baixo arrastada, viagem estimulante dentro ou fora da pista de dança. Trabalho técnico de recuperação feito por Russell Haswell e Rashad Becker.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 28 Março, 2019

DANIEL SCHMIDT In My Arms, Many Flowers CD

€ 19,95 CD Recital

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4

Poucos – muito poucos – discos que compilam trabalhos de outros tempos merecem uma reedição tão próxima da sua edição original. “In My Arms, Many Flowers” foi editado em 2016, reunindo uma série de trabalhos que Daniel Schmidt compôs a partir de um instrumento que apelidou de “gamelan de Berkeley”, iniciando uma moda em volta do instrumento tradicional na costa oeste que se propagou para todo o mundo – e que agora é muito presente numa série de colectâneas com capturas de field recordings / música tradicional. Adiante, história repete-se: disco óptimo, poucas cópias, preços inflacionadíssimos. 2018, novamente no mercado. Uma delícia a que chegámos tarde – e a poucas cópias – em 2016: mas cuja espiritualidade entrou directamente para as colecções pessoais de alguns mais atentos. Garantimos alguns exemplares desta reedição, um disco que encontra um casamento entre os japoneses Geinoh Yamashirogumi e Midori Takada com Steve Reich. Repetição, ascensão e ultrasensorialidade. Elevação através da música e uma delicadeza melódica rara. Duvidam? Há catorze minutos em “Ghosts” que estão prontos para serem ouvidos e mudarem vidas. Beleza.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , , / / Comentar: Comentários Desligados

Quinta-feira, 28 Março, 2019

GRAMM Personal Rock 2LP

€ 22,95 2LP [2019 reissue] Faitiche.

OUVIR ÁLBUM COMPLETO / LISTEN TO FULL ALBUM:
Personal Rock

Mesmo antes do milénio, Jan Jelinek tinha conseguido fabricar um som de dança ultra-contemporâneoeo, sobretudo nas edições como Farben. O lado bom do som minimal, incorporando a experimentação radical do glitch / erro para montar grooves inegavelmente expressivos. Tudo acontece a um nível quase subatómico, de subtileza em subtileza, formando uma imagem geral de elegância na incerteza, algo tão detalhado que se presta a uma contemplação devocional mas também suficientemente comunicativo para nunca se perder em circuito fechado. Alguns pontos de contacto com M:I:5 (Wolfgang Voigt), outra masterclass em erro para a pista de dança, mas Jelinek trabalha sobre mais camadas e, logo, o seu mapa é mais complicado. 20 anos a contar desde 1999 e este é um álbum definitivamente ligado à época mas ainda totalmente eloquente em 2019.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 28 Março, 2019

RICARDO VILLALOBOS Mandela Move EP 2×12″

€ 20,95 2×12″ Deset

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4

Sempre acima dos 10 minutos de duração, estas quatro faixas são tipicamente Villalobos, debruçado sobre o esquema de forma a não deixar canto por resolver na sua grelha rítmica. Vozes e outros sons entram e saem de campo, a linha de baixo não acompanha as batidas mas faz-se sentir mais como presença espectral, as quebras em “Fontec” diferem sempre umas das outras e o que acontece é uma narrativa techno estendida em evolução, herdando todo o passado de Ricardo Villalobos num novo baile minimalista, menos reduzido, quase jack, até, na última faixa “Beetglass”. A percussão ganha um espaço na frente que talvez nunca tenha tido.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 28 Março, 2019

JAYDA G Significant Changes CD / 2LP

€ 13,95 CD Ninja Tune

€ 22,95 2LP Ninja Tune


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 28 Março, 2019

MYSTICA TRIBE DJ Sotofett’s Dub Ash Mixes 12″ Solar Phenomena

€ 11,95 12″ Solar Phenomena

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »