Quinta-feira, 17 Janeiro, 2019

STEVE GUNN The Unseen in Between CD / LP

€ 12,50 CD Matador

€ 27,50 LP Matador

De álbum para álbum cresce a sensação de que Steve Gunn é um cowboy urbano, um dos últimos “drugstore cowboys”, reinventando a palestra de todos os singers-songwriters que vieram antes dele: e podemos chamar Fred Neil, ele vem ao barulho neste “The Unseen In Between”. A Rolling Stone faz o apelo esta semana de que Steve Gunn é o segredo mais bem guardado do rock. Será ainda um segredo? Steve Gunn surgiu nos já longínquos GHQ (com Marcia Bassett e Pete Nolan) e começámos a ouvi-lo a solo há uma década, mais coisa menos coisa. Inúmeros discos depois a Matador encontrou-o. Já tinha colaborado com Mike Cooper num belo disco gravado em Lisboa; já tinha muitos quilómetros de estrada, com inúmeros músicos (tocava na banda de Kurt Vile), nos mais diversos projectos, a maior parte deles eram seus. Steve Gunn continua esse “segredo bem guardado” porque se calhar não gosta das luzes da ribalta, se calhar gosta de como a liberdade do não estar lá lhe permite uma série de coisas: como fazer digressões com os amigos, andar na estrada como um cowboy. “The Unseen In Between” tem um Steve Gunn com mais voz do que nunca, canta mais, a sua voz liberta-se. A guitarra continua igual, continua, infinita, numa elaborada corrida e linguagem que só Gunn consegue. Mas com a voz de Gunn liberta de amarras ganha uma nova vida – a guitarra, a sua música – e as suas músicas ganham as características para Gunn finalmente sair da sombra, estar na ribalta. E se é agora, com este disco, compreende-se perfeitamente. É aqui que Steve Gunn se levanta e se diz pronto para enfrentar os grandes. As lendas são feitas disto.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »