Quinta-feira, 2 Agosto, 2018

JOANNA NEWSOM Have One On Me 3CD / 3LP / 3xCASSETE

 € 19,95 3CD Drag City

 € 23,95 3LP Drag City

 € 13,95 3xCASSETE Drag City

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

É sempre difícil entrar num álbum que se espraia por três discos, ao longo de mais de duas horas de música. Há mais coisas para ouvir, há mais nomes para descobrir, e até precisamos de tempo para voltar atrás e reouvir os anteriores álbuns de Joanna Newsom. Se, de facto, encontrarmos essas horas extra, vamos novamente perceber o que parece ser para nós a maior evidência de “Have One On Me”: é o melhor trabalho da cantora, harpista e compositora, e sem dúvida nenhuma um dos grande discos de 2010. “Ys” já tinha sido uma monumental aventura pelo seu mundo de fantasia alucinante, ao mesmo tempo que mostrava o quão hábil os seus dotes de composição e arranjos eram. Em “Have One One Me” é tudo exponenciado pela solidez de canções quase à beira da perfeição, com a voz de Joanna Newsom mais segura e menos ziguezagueante, e com o universo sonoro distante q.b. da alegoria medieval transbordante de “Ys”. Três discos, sim, mas dêem-lhes umas voltas como merecem e digam-nos que canções poriam fora desta selecção. Nenhuma, Acreditem. Ambicioso e audaz, mas em nenhum minuto deixa de estar à altura do que se propõe. A sua obra-prima.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

“Acompanhada por Ryan Francesconi, responsável pelos arranjos, e pelo percussionista Neal Morgan, [Joanna Newsom] continua a habitar um espaço inconfundível, de um riqueza arrebatadora. “Ys” foi um momento irrepetível. Este álbum é uma prova de excelência.” 4/5 in ÍPSILON/PÚBLICO

“A break-up album of extraodinary ambition and depth.” in FINANCIAL TIMES

“A sprawling work of unquestionable artistry that’s as clever as it is poignant, it also sees Newsom of her give the songwriter of her generation a run of their money.” in MOJO

“Have One On Me” is an Elysian record that you’ll return to again and again.” in THE GUARDIAN

“A challenging album, certainly, but this is already sounding like her masterpice.” in THE SUNDAY TIMES

“Newsom now sings with a composure and soulfulness that stands comparision with Laura Nyro.” in UNCUT

“Newsom’s monumental new work represents not a retreat from the ambition of its predecessor, but a more detailed and intricate exploration of its themes and preoccupations.” in THE WIRE

“When I hear Newsom sing the word “easy” in “Suffice” and my mind jumps back to the opener, it reinforces just how many threads she’s weaved between those songs and how incredible it is to discover new things with every listen.” 9.2 in PITCHFORK

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »