Quinta-feira, 16 Julho, 2015

HELM Olympic Mess CD / 2LP

€ 13,50 CD PAN

€ 22,50 2LP PAN

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PAN63CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN63CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN63CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN63CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN63CD-5.mp3]

Luke Younger é, como o nome prova, por enquanto, um jovem músico, mas já produz matéria sonora há quase dez anos. Foi na PAN que nos chamou a atenção quando “Impossible Symmetry” apareceu há 3 anos, e foi na PAN que nos conquistou com “Silencer” e “Hollow Organs”, maxis saídos nos dois anos seguintes. E é na PAN que nos derruba de prazer a meio de 2015 com um álbum que, por muito que nos estrague os meses que faltam até 31 de Dezembro, dificilmente será ultrapassado pelos concorrentes. Se for, sorte a nossa e de todos. Assumidamente mais electrónico, sem tantos sons electroacústicos, embora haja referência à percussão de Eli Keszler, Luke Younger dedica-se mais à plasticidade sonora, como uma escultura que se desloca no tempo em câmara lenta, revolucionando o ambientalismo de 2015. Não que haja argumentos para declarar a invenção de qualquer coisa; não há e isso não faz falta, porque o que ouvimos é da ordem da depuração, empenhada em fazer-nos tremer de prazer. A meio de “Olympic Mess” há um arrepio no corpo que nos obriga a recomeçar tudo, tal é o espanto e a vontade de comprovar o calibre desta música em espiral que nos suga para dentro de qualquer coisa quente, confortável e em permanente expansão. Pode haver muitos pontos onde possamos traçar paralelas a este álbum, mas poucos conseguem uma clareza tão clara de objectivos sem nunca parecer electrónica automática. Uma absoluta delícia e um disco obrigatório para quem se habituou a não deixar escapar bons exemplos de electrónica ambiental total.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »