Quinta-feira, 28 Maio, 2015

PEDER MANNERFELT The Swedish Congo Record CD

€ 15,50 € 12,95 CD Archives Interieurs

[audio:http://www.flur.pt/mp3/AICD04-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/AICD04-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/AICD04-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/AICD04-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/AICD04-5.mp3]

Peder Mannerfelt é metade Roll The Dice e tem feito, em paralelo com esse seu projecto, um tímido mas interessante caminho a solo. “Lines Describing Circles”, editado no ano passado, tocava no universo Roll The Dice, com abstrações electrónicas que pareciam filhos bastardos – mas sem o regime épico – do som maternal do duo. Ao vivo, Peder tem feito interessantes actuações, onde parece dedicar-se a uma espécie de exorcismo das máquinas, extraindo um ritual circular e exaustivo das potencialidades sonoras. Talvez ainda seja esse amor pelo ritualismo – máquinas ou humanas – que o faz viajar até ao Congo de há 100 anos, recuperando obscuros discos feitos por Armand Denis, um dos primeiros europeus a captar os sons desse país africano. Na verdade, o que ouvimos aqui é a união quase aritmética destes dois mundos: sons tribais, novos, por explorar, feitos apenas por máquinas. Uma versão moderna, digamos, da etnografia de um país longínquo. Daqui que “The Belgian Congo Record” se tenha transformado em “The Swedish Congo Record”, um incrível híbrido de sensações que nos colocam sem chão e nos faz lembrar algumas das estranhezas dos anos 80, entre Residents ou a série Made To Measure. Nós gostamos muito destas estranhezas e não hesitamos em dar-lhe um valente prémio pela ousadia e frescura desta nova comissão à infindável África. Fantástico e fantasmagórico.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »