Segunda-feira, 10 Novembro, 2014

BRUCE LACEY The Spacey Bruce Lacey Vol.2 LP

€ 18,50 € 16,95 LP Trunk

[audio:http://www.flur.pt/mp3/JBH054LP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/JBH054LP-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/JBH054LP-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/JBH054LP-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/JBH054LP-5.mp3]

Como convém, no universo da Trunk, Bruce Lacey é um nome suficientemente obscuro e a sua personalidade suficientemente fora. A música recolhida em “The Spacey Bruce Lacey” atravessa algumas temporadas e apareceu originalmente em filmes que incluíam “sexo e pessoas nuas” e também em cassetes muito privadas. É o género de pessoa a quem dizem, a certa altura, que a sua música soa um pouco a Tangerine Dream e ele responde que não sabe quem são os Tangerine Dream. Mas essa comparação é fraca, julgando pelo material que agora escutamos. Electrónica muito profunda, no volume 1, apesar de o início sugerir um som mais concreto, solto. As várias faixas numeradas sob o título “Ancient Forces” partem numa viagem de exploração que, quase literalmente, aconteceu de facto. A história diz que o sintetizador monofónico que serviu de base às composições e improvisações de Lacey foi adquirido através de anúncio numa publicação de trocas e vendas. O dono era um miúdo que tinha construído a máquina pelas instruções de um kit na revista Practical Electronics. depois comprou mais material, que também foi vendido por um miúdo que tinha usado a mesma fonte (practical Electronics). A sua música foi parar a um documentário sobre Poly Styrene, que saiu dos X-Ray Spex em 1979; Brian Eno era amigo do namorado da filha de Lacey e disse-lhe que o seu sintetizador parecia vivo! Era assim tão abrangente. No volume 2, Lacey parece estar a receber e a retransmitir comunicações do Além-Espaço, apesar de a série de faixas chamadas “Earth Spirit” ter momentos mais meditativos e lineares. “Funky Dance” dispara sons do Planeta Proibido com um groove distorcido meio Ralph Lundsten. “Experiment 1″ tem voz, e podia ser Brian Eno raptado e alterado para improvisar sem nexo. Um salto da música concreta para industrial em vários passos e peripécias, tudo documentado com o habitual amor da Trunk pelo genuinamente estranho.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »