Quinta-feira, 31 Julho, 2014

DAVID SYLVIAN / ROBERT FRIPP The First Day CD

€ 14,50 CD (2014 reissue) DGM

[audio:http://www.flur.pt/mp3/DGM0522-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/DGM0522-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/DGM0522-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/DGM0522-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/DGM0522-5.mp3]

Em 1993, “The First Day” foi uma surpresa como todas são: inesperada. Depois de ter feito um percurso que caminhava assumidamente para o ambientalismo, com “Plight And Premonition” e “Flux + Mutability”, sobretudo, em 1988 e 1989, respectivamente, em colaboração com Holger Czukay, David Sylvian volta a colaborar com Robert Fripp depois de se terem encontrado em “Gone To Earth” em 1986 e, também, depois de ter recusado aparecer como vocalista nos King Crimson. Agora a duo, voltam as canções e aparece uma maior insistência no poder de fogo rock de Fripp, embora sejam muitos os momentos que se auto-inflamam com electricidade mas depois procurem um mantra que, porque não, estabelece a correcta bissectriz entre funk e o progressivo. “First Day” é também um disco que divide tempos: Sylvian faria deste momento uma pausa para preparar a família e “Dead Bees On A Cake”, o primeiro álbum a solo desde “Secrets Of The Beehive”. Embora esta aventura seja claramente resultado de um trabalho a dois, é Fripp quem parece mover o ritmo e a intensidade de “First Day”. Sylvian parece corresponder com o que sempre fez bem: cantar e arranjar o tempo certo para as suas músicas – uma qualidade intrínseca da música progressiva e talvez por isso este casamento tenha tido este resultado explosivo. Nem Sylvian nem Fripp precisariam das suas carreiras salvas por este álbum, mas a verdade é que há aqui música que não aparece em mais lado nenhum. E Sylvian raramente falhou um passo.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »