Sexta-feira, 27 Julho, 2012

CONRAD SCHNITZLER Zug reshaped and remodeled by Ricardo Villalobos & Max Loderbauer LP

€ 14,50 LP M=Minimal

[audio:http://www.flur.pt/mp3/MM012CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MM012CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MM012CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MM012CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MM012CD-5.mp3]

Talvez o significado mais corrente de “Zug”, na língua alemã, seja “Comboio”, e isso foi obviamente o que Conrad Schnitzler tinha em mente ao compor “Zug” em 1978. Pode funcionar como uma versão minimalista de “Trans Europe Express” – a experiência da viagem e o som das rodas de metal nos carris está presente, se bem que sonicamente sugere alguma distância em relação à nossa posição de ouvintes, como se nos Kraftwerk viajássemos de janela aberta e, aqui, estivéssemos confortavelmente sentados num compartimento quase insonorizado. O som mais proeminente é o do apito que aparece e desaparece, provocando uma constante tensão e incerteza sobre o que se passa lá fora enquanto o comboio prossegue a marcha. Villalobos e Max Loderbauer sobem de velocidade na sua Aktion-Mix, dirigindo a composição por meio de um beat insistente que abafa ainda mais o som mecânico para provocar um estado de hipnose ao longo de quase 20 minutos em que uma noção de comboio substitui a realidade – já não sabemos se estamos de facto a bordo. Mais distantes ainda na segunda remistura da dupla, a Sorgenkind-Mix. Um título perturbador que em 15 minutos traz para a nossa cabeça todos os sons intestinos do comboio, relegando para último plano o confortável ritmo das rodas nos carris. O CD conclui-se com a junção de duas outras remisturas já editadas em vinil no ano de 2010 a partir da fusão Schnitzler-Villalobos-Loderbauer: Pole conduz um dub espectral, sim, mas bastante menos aterrador, em que a sirene deixa de perfurar tão claramente os nervos para se assemelhar quase ao tradicional trompete de Jon Hassell; Borngräber & Strüver executam a transição entre os 70s e hoje, colocando a viagem numa época mais ou menos precisa: os austeros anos 80, identificados pelo ritmo marcial. dub, rock, ácido e industrial numa concentração de 10 minutos que não deixa nunca esquecer a seriedade do projecto.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »