Sexta-feira, 16 Março, 2012

PEGA MONSTRO Pega Monstro CD

€ 7,50 CD Cafetra

Oiçam aqui

Duas irmãs, guitarra e bateria, gravação directa para quatro pistas com um som abrasivo, cru, livre, com uma espontaneidade de ir às lágrimas e uma facilidade de comunicação que parece tornar tudo, bem, fácil. O primeiro álbum das Pega Monstro é um verdadeiro monumento no rock português. E não é por soar a isto ou aquilo, nem é pior por se achar isto ou aqueloutro, mas por atingir um estado de pureza e de inocência que é raro e ainda mais raro neste cantinho. Porque, admitamos, se é fácil, se é preciso não ter vergonha para fazer um álbum destes em 2012, então porque é que nunca ninguém o fez antes? E é isso, se por um lado é um álbum excelente com uma visão adolescente, por outro Maria e Júlia Reis entregam uma espécie de sonho que nos escapou durante toda a adolescência. Porque, admitamos, apesar de todos nós termos tido as nossas cenas nessa idade, quantos não gostariam de ter tido uma banda como as Pega Monstro nesses anos e, melhor, ter algo como a Cafetra a acontecer? “Pega Monstro” tem uma emergência fascinante, aquela vontade de expressão sem limites, tão evidente nas letras, que demonstram de uma forma muito bonita o mundano de certas vivências, o à-vontade para exigir um certo desconforto, que é natural, e que se manifestou em todos desde que existe a “adolescência”. E é aí que elas ganham a tudo, falam de coisas genéricas mas não falam dessas coisas de uma forma genérica, falam com uma linguagem que lhes é própria. E agora encaixem isso em canções que são bem tocadas, com melodias incríveis e letras que as abençoam. Assim nascem canções como “Carocho”, “Lisboa-Porto”, “Homosec”, “Fetra” (a melhor “Fetra” das “Fetra” dos Cafetra) e “Akon” (sublime). Pega Monstro é um acontecimento no evento Cafetra, um que esperávamos há muito tempo (décadas) e que finalmente vimos acontecer.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »