Sexta-feira, 18 Dezembro, 2009

MARTIN REV Stigmata CD

€ 16,50 € 12,50 CD Blast First Petite  ENCOMENDAR

Há alguns anos, no momento de ascenção dos Liars, tivemos a sorte de os ver partilhar o palco com os Suicide. Para quem quis sentir na pele o terror que Alan Vega e Martin Rev eram nos anos do seu reinado, a noite foi uma desilusão. Para quem não quis senão passar um bom bocado, a noite foi memorável. Conscientes dos seus limites e das duas idissioncracias, os Suicide transformaram-se numa representação de si próprios, assumindo a caricatura, a encenação e, acima de tudo, a boa disposição. A acidez e a violência de outros tempos são agora temperados com algum humor, e se estiverem para aí virados, terão a noite ganha. Se os recentes relatos dos concertos de Suicide ainda valem o preço dos bilhetes, o que dizer dos discos que tanto Alan Vega como Martin Rev têm feito? Aí tudo se torna confuso: há colaborações óptimas, discos assim-assim, e depois os discos de Martin Rev. Onde anda o raio da cabeça de Martin Rev? Uma coisa é verdade: não nos parece que esteja a fazer discos para satisfazer alguém para além dele próprio. E por isso “Stigmata” é tão atraente como estranho. São 14 temas quasi-religiosos, celestiais e assombrados, algures entre a banda-sonora épica e uma recriação midi dos ensinamentos de Wendy Carlos. Há a tentação de acharmos que tudo isto não passa de uma brincadeira, mas se pensarmos isso de “Stigmata” teremos que aceitar que toda a sua carreira – com Suicide incluído – aconteceu porque as regras foram sempre sendo ignoradas. E quantos discos conhecem como este “Stigmata”?


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »